Biography Writings Sayings Articles Media
The Life of Francis Xavier Seelos (Portuguese)

Click here to see this Biography in other languages

Francisco Xavier Seelos nasceu em Füssen (Baviera, Alemanha), no dia 11 de janeiro de 1819. Foi batizado no mesmo dia, na igreja paroquial de São Magno. Manisfestando desde menino a aspiração ao sacerdócio, depois dos estudos filosóficos entrou para o seminário em 1842. Tendo conhecido os missionários da Congregação do Santíssimo Redentor fundada para a evangelização dos mais abandonados, decidiu entrar e desenvolver seu ministério em favor dos emigrantes de lingua alemã que viviam nos Estados Unidos.

Tendo sido aceito em 22 de novembro de 1842, partiu no ano seguinte, no dia 17 de março, do porto de Le Havre, França, para chegar a Nova York dia 20 de abril de 1843. Depois de fazer o noviciado e concluir os estudos teológicos, foi ordenado sacerdote dia 22 de dezembro de 1844 na igreja redentorista de S. Joaquim de Baltimore no Maryland.

Depois da ordenação, trabalhou por 9 anos na paróquia de Santa Filomena em Pittsburgh na Pensilvânia, trabalhando inicialmente como vice-pároco de São João Neumann, superior da comunidade, e depois como superior nos três últimos anos. Nesse período foi também mestre dos noviços redentoristas. Além do trabalho como vice-pároco, Seelos também se dedicou, junto a Neumann, à pregação missionária. Sobre o relacionamento entre os dois, Francisco Xavier afirmou: "Me introduziu na vida ativa" e "me dirigiu como guia espiritual e confessor".

A disponibilidade e a sua natural amabilidade em acolher e entender as necessidades dos fiéis, fizeram com que logo fosse conhecido como um excelente confessor e guia espiritual, tanto que muitas pessoas o procuravam, vindo até de lugares distantes. Os fiéis o descreviam como um missionário com um eterno sorriso nos lábios e de coração generoso, principalmente para com os carentes e marginalizados.

Fiel ao carisma redentorista, ele sempre se expressava com um estilo de vida e um linguajar simples. Suas pregações, ricas de conteúdos bíblicos, eram sempre ouvidas e entendidas até pelas pessoas mais ignorantes. Uma das características constantes no seu apostolado era a catequese infantil. Uma atividade que ele não só priorizava, mas que tinha como fundamental para o crescimento cristão da comunidade paroquial.

No ano de 1854 foi transferido de Pittsburgh para Baltimore, depois para Cumberland (1857), e Annapolis (1862), sempre se ocupando do ministério paroquial, desenvolvendo também a função formador, como prefeito dos estudantes redentoristas. Nessa função não abandonou suas características de ser um pastor afável e de infundir nos futuros missionários redentoristas o entusiasmo, o espírito de sacrifício e o zelo apostólico para o bem espiritual e temporal do povo.

No ano de 1860 foi candidato a bispo de Pittisburgh. Obtendo do Papa Pio IX de ser exonerado de tal responsabilidade, dedicou-se, de 1863 a 1866, à atividade de missionário itinerante, pregando em inglês e em alemão nos Estados de Connecticut, Illinois, Michigan, Missouri, New Jersey, New York, Ohio, Pennsylvania, Rhode Island e Wisconsin.

Após um breve período de trabalho paroquial em Detroit, Michigan, em 1866, foi transferido para a comunidade de New Orleans, Louisiana. Também aqui, como pároco da igreja de Santa Maria Assunta, foi reconhecido como pastor sempre alegremente disponível e principalmente solícito para com os mais pobres e abandonados.

Porém, nos planos de Deus, o ministério de Seelos em New Orleans deveria ser breve. No mês de setembro, exausto pelo atendimento aos doentes de febre amarela, também ele contraiu a doença. Após várias semanas de paciente e alegre aceitação da doença, passou à vida eterna no dia 4 de outubro de 1867, aos 48 anos e nove meses.

No dia 9 de abril de 2000, na praça S.Pedro, Pe Seelos foi proclamado Beato por Sua Santidade o Papa João Paulo II.